Natal do Senhor

 

Mensagem do Padre Toninho
(24/12/2015)

NATAL DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO
ANO DA MISERICÓRDIA
Leituras
Primeira Leitura – (2Samuel – 7,1.8b-12.14a. 16)
Salmo responsorial – (SL 88(
Segunda Leitura – (Carta de São Paulo a Tito – Tt 2,11-14)

Evangelho – (Lucas 1,67-79)

NATAL JESUS

  Meus queridos irmãos e irmãos, por que celebramos a festa de hoje? O profeta Isaías nos dá a resposta: Foi-nos dado um Filho. Por isso que festejamos. Paulo diz que se manifestou a Salvação para todos os homens. Deus nos concedeu o Seu Filho. Isaías diz ao povo: O povo, que andava nas trevas, viu uma grande Luz, … porque foi-nos dado um Filho, o filho de Maria, que nos traz a Salvação.

          Por isso é que hoje rendemos Glória ao nosso Senhor, nosso Deus. Isaías, em seu tempo, fala para um povo que sofria, que estava sem esperança, e recebe deste profeta o anúncio de que um menino, Conselheiro Admirável, Príncipe da Paz, nos seria dado. Este menino vem a nós com estas qualidades divinas, e vem trazer Vida em sua plenitude. É uma proposta que não é imposta.

          A profecia de Isaías aconteceu no século VII a.C., e se concretiza com o nascimento de Jesus. Jesus é o presente de Deus para a Humanidade, e vem para que possamos compreender a Sua ação em nossa vida. Algo que é dado ao mundo para que o mundo O acolha em seu coração.

          Nos dias de hoje, assim como o povo com o qual falou Isaías, nós nos encontramos nas trevas da morte. Enfrentamos crises, dor, violência, todo tipo de sofrimento; mas Deus nos deu Jesus. Cabe a cada um de nós perguntar: Como o mundo acolheu o Filho de Deus? Como nós acolhemos o Senhor em nossa vida? Ele, que vem iniciar um novo mundo, uma nova era de vida, felicidade e paz?

          O profeta diz que Deus há de realizar essa profecia, e Deus cumpre Sua promessa, nos traz essa Luz, para a Paz e para a Alegria. Para que isso ocorra, é preciso receber esse menino em nossa vida. Requer que lutemos contra o pecado, que nos impede de vivermos a verdadeira dignidade de Filhos de Deus.

          Paulo fala que a Graça de Deus se manifestou trazendo a Salvação a todos os homens. Ele diz: Esse menino Deus, o Príncipe da Paz, nos ensina a abandonar as paixões mundanas, aguardando a manifestação da Glória do nosso grande Deus e Salvador.

          Ele nos ensina e nos conduz a escolher uma vida de obediência a Deus, para encontrarmos a Paz.

          Interessante é que, nesta época do Natal, nós desejamos paz, alegria, saúde aos outros. É abraço daqui, beijo dali, sorriso de lá. Parece que há uma força divina que nos contagia neste tempo. Entretanto, quando acaba o Natal, voltamos a ser o que éramos: fechados, azedos, intolerantes, impacientes, agitados, esquecendo-nos que foi-nos dado o Filho de Deus, a Graça da Salvação. Por quê? Por que essa Luz que começou a brilhar em nossa vida, nós a apagamos tão rapidamente?

          Deseje a Paz, a Saúde, a Vida, mas procure fazer com que isso aconteça na sua vida e na vida das pessoas. Esta luz tem que brilhar a vida toda! Tem que conduzir toda a sua Existência! Mas nós precisamos fazer a nossa parte.

          No mundo, no Brasil, há muita coisa errada, desonestidade; temos políticos que precisam acolher esta Luz em sua vida. Enquanto isso não acontece, sejamos nós, mais honestos, mais santos, mais filhos e filhas do Altíssimo. É preciso começar por nós, para que chegue até eles. Nós temos que ser o ponto de partida para que essa Luz ilumine nossa vida, nosso mundo.

          Você acolhe se você quiser…Amém?

                                                                   Um Feliz e Santo Natal!

Paróquia Sant'Ana

Pastoral da Comunicação da igreja de Sant'Ana, da Diocese de São Carlos. Acreditamos que as novas tecnologias e meios de comunicação são ótimas ferramentas para evangelizar e propagar a da palavra de Deus.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *