Paróquia de Sant’Ana: Cultivando a Fé, Evangelizando com Amor

Então a Celebração Eucarística é bem mais que um simples banquete: é propriamente o memorial da Páscoa de Jesus, o mistério central da salvação. “Memorial” não significa somente uma recordação, uma simples recordação, mas quer dizer que cada vez que celebramos este Sacramento participamos do mistério da paixão, morte e ressurreição de Cristo.

A Eucaristia é o ápice da ação da salvação de Deus: O Senhor Jesus, se fez pão partido por nós, derrama sobre nós toda a sua misericórdia e seu amor, e assim renova o nosso coração, a nossa existência e a maneira como nos relacionamos com Ele e com os irmãos.

É por isto que sempre, quando nos aproximamos deste sacramento, se diz de: “Receber a Comunhão”, de “fazer a Comunhão”: isto significa que o poder do Espírito Santo, a participação na mesa eucarística se conforma de modo profundo e único a Cristo, nos fazendo experimentar já a plena comunhão com o Pai que caracterizará o banquete celeste, onde com todos os Santos teremos a alegria de contemplar Deus face a face.

Papa Francisco

 

          As missas na nossa Comunidade

          A Paróquia de Sant’Ana é constituída por quatro comunidades. Além da matriz Sant’Ana, também fazem parte a Comunidade de Santa Rita, Nossa Senhora Rainha do Universo e Santa Catarina.
Cada uma com sua história específica, mas integradas na evangelização e na comunhão comunitária da paróquia.
Durante os finais de semana, centenas de fiéis, participam das celebrações realizadas pelo pároco padre Toninho, que tem conduzido a paróquia em seus 7 últimos anos.

          Atendendo a toda população dos bairros de Sant’Ana, Parque das Laranjeiras, Jardim Universal, Santa Helena, jardim dos Manacás, a paróquia de Sant’Ana realiza suas missas nos seguintes horários.

 

LOGO OFICIAL DA PARÓQUIA

***********************
Confira algumas imagens

e os horários das missas nas comunidades da Sant’Ana.

****************************

Celebrações na Matriz Sant’Ana

Celebrações:
Quartas-feiras: Novena de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro (19h30)
Primeiras sextas-feiras do mês (Missa do sagrado coração de Jesus) (19h30)
Sábados às 17h00
Domingos as 8h00 e às 19h30min.

Este slideshow necessita de JavaScript.

***********************************

Nossa Senhora Rainha do Universo
(Jardim Universal)

Celebrações: Quintas-feiras às 19h30min
e aos Domingos às 9h30min.

Este slideshow necessita de JavaScript.

*******************************

Santa Rita de Cássia
(Parque das Laranjeiras)

Celebrações: As Terças-feiras às 19h30
e aos Sábados às 19h00.

Este slideshow necessita de JavaScript.

*********************************
Santa Catarina de Alexandria

(Portal das Laranjeiras)
Celebrações:
Toda última quinta do mês às 19h30.

Este slideshow necessita de JavaScript.


_______________________
Maiores informações na
SECRETARIA PAROQUIAL
Em dias úteis, das 8h00 às 17h00,
e aos sábados, das 8h00 às 12h00.
Telefone para Contato: (16) 3303-9633
Secretária: Natália da Silva Ferreira
PárocoPadre Antonio Ap. De Marcos Filho

**********************************

Papa Francisco:
É muito importante ir à Missa aos domingos
e receber a Eucaristia que é fonte da vida

papa francisco

        Em sua catequese na manhã de hoje na Praça de São Pedro a qual assistiram milhares de fiéis apesar do intenso frio e da chuva que há vários dias cai em Roma, o Papa Francisco explicou a importância vital da Eucaristia para todo fiel, que deve ser recebida aos domingos na missa, porque é o coração e a fonte da vida da Igreja.

A seguir a íntegra da catequese do Santo Padre:

Queridos irmãos e irmãs, bom dia!

          Hoje falarei a vocês da Eucaristia. A Eucaristia coloca-se no coração da “iniciação cristã”, junto ao Batismo e à Confirmação, e constitui a fonte da própria vida da Igreja. Deste Sacramento de amor, de fato, nasce cada autêntico caminho de fé, de comunhão e de testemunho.

          Aquilo que vemos quando nos reunimos para celebrar a Eucaristia, a Missa, já nos faz intuir o que estamos para viver. No centro do espaço destinado à celebração encontra-se um altar, que é uma mesa, coberta por uma toalha e isto nos faz pensar em um banquete. Na mesa há uma cruz, a indicar que sobre aquele altar se oferece o sacrifício de Cristo: é Ele o alimento espiritual que ali se recebe, sob os sinais do pão e do vinho. Ao lado da mesa há o ambão, isso é, o lugar a partir do qual se proclama a Palavra de Deus: e isto indica que ali nós nos reunimos para escutar o Senhor que fala mediante as Sagradas Escrituras, e então o alimento que se recebe é também a sua Palavra.

          Palavra e Pão na Missa tornam-se um só, como na Última Ceia, quando todas as palavras de Jesus, todos os sinais que havia feito, condensaram-se no gesto de partir o pão e de oferecer o cálice, antes do sacrifício da cruz, e naquelas palavras: “Tomai, comei, isto é o meu corpo…Tomai, bebei, isto é o seu sangue”.

          O gesto de Jesus cumprido na Última Ceia é o extremo agradecimento ao Pai pelo seu amor, pela sua misericórdia. “Agradecimento” em grego se diz “eucaristia”. E por isto o Sacramento se chama Eucaristia: é o supremo agradecimento ao Pai, que nos amou tanto a ponto de dar-nos o seu Filho por amor. Eis porque o termo Eucaristia resume todo aquele gesto, que é gesto de Deus e do homem junto, gesto de Jesus Cristo, verdadeiro Deus e verdadeiro homem.

          Então a celebração eucarística é bem mais que um simples banquete: é propriamente o memorial da Páscoa de Jesus, o mistério central da salvação. “Memorial” não significa somente uma recordação, uma simples recordação, mas quer dizer que cada vez que celebramos este Sacramento participamos do mistério da paixão, morte e ressurreição de Cristo.

          A Eucaristia é o ápice da ação da salvação de Deus: O Senhor Jesus, se fez pão partido por nós, derrama sobre nós toda a sua misericórdia e seu amor, e assim renova o nosso coração, a nossa existência e a maneira como nos relacionamos com Ele e com os irmãos.

          É por isto que sempre, quando nos aproximamos deste sacramento, se diz de: “Receber a Comunhão”, de “fazer a Comunhão”: isto significa que o poder do Espírito Santo, a participação na mesa eucarística se conforma de modo profundo e único a Cristo, nos fazendo experimentar já a plena comunhão com o Pai que caracterizará o banquete celeste, onde com todos os Santos teremos a alegria de contemplar Deus face a face.

          Queridos amigos, nunca conseguiremos agradecer ao Senhor pelo dom que nos fez com a Eucaristia! É um grande dom e por isto é tão importante ir à Missa aos domingos.
Ir à missa não somente para rezar, mas para receber a Comunhão, este pão que é o Corpo de Jesus Cristo que nos salva, nos perdoa, nos une ao Pai. É muito bom fazer isto! E todos os domingos, vamos à Missa porque é o próprio dia da ressurreição do Senhor. Por isto, o domingo é tão importante para nós.

          E com a Eucaristia sentimos esta pertença à Igreja, ao Povo de Deus, ao Corpo de Deus, a Jesus Cristo. Nunca terminará em nós o seu valor e a sua riqueza. Por isto, pedimos que este Sacramento possa continuar a manter viva na Igreja a sua presença e a moldar as nossas comunidades na caridade e na comunhão, segundo o coração do Pai. E isto se faz durante toda a vida, mas tudo começa no dia da primeira comunhão.

          É importante que as crianças se preparem bem para a primeira comunhão e que todas as crianças a façam, porque é o primeiro passo desta forte adesão a Cristo, depois do Batismo e da Crisma. Obrigado.

Fonte do site acidigital

Frases sobre Eucaristia

 

Eucaristia

São João Crisóstomo
“Deu-se todo não reservando nada para si”.
“Não comungar seria o maior desprezo a Jesus que se sente “doente de amor” (Ct 2,4-5)”

São Boaventura
“Ainda que friamente aproxime-se confiando na misericórdia de Deus”

São Francisco de Sales
“Duas espécies de pessoas devem comungar com freqüência:
os perfeitos para se conservarem perfeitos, 
e os imperfeitos para chegarem à perfeição”

Santa Teresa de Ávila
“Não há meio melhor para se chegar à perfeição”.
“Não percamos tão grande oportunidade para negociar com Deus.
Ele [Jesus] não costuma pagar mau a hospedagem se o recebemos bem”.
“Devemos estar na presença de Jesus Sacramentado, como os Santos no céu, diante da Essência Divina”.

São Bernardo
“A comunhão reprime as nossas paixões: ira e sensualidade principalmente”.
“Quando Jesus está presente corporalmente em nós, ao redor de nós, montam guarda de amor os anjos”.

São Vicente Ferrer
“Há mais proveito na Eucaristia que em uma semana de jejum a pão e água”

Santo Ambrósio
“Eu que sempre peco, preciso sempre do remédio ao meu alcance”

São Gregório Nazianzeno
“Este pão do céu requer que se tenha fome. Ele quer ser desejado”.
“O Santíssimo Sacramento é fogo que nos inflama de modo que, retirando-no do altar,
espargimos tais chamas de amor que nos tornam terríveis ao inferno”

São Tomás de Aquino
“A comunhão destrói a tentação do demônio”

Concílio de Trento
“Remédio pelo qual somos livres das falhas cotidianas e preservados dos pecados mortais”

Santo Afonso de Ligório
“A comunhão diária não pode conviver com o desejo de aparecer, vaidade no vestir,
prazeres da gula, comodidades, conversas frívolas e maldosas. Exige oração, mortificação, recolhimento.”
“Ficai certos de que todos os instantes da vossa vida, o tempo que passardes diante do Divino Sacramento será o que vos dará mais força durante a vida, mais consolação na hora da morte e durante a eternidade”

São Pio X
“A devoção à eucaristia é a mais nobre de todas as devoções, porque tem
o próprio Deus por objeto; é a mais salutar porque nos dá o próprio autor
da graça; é a mais suave, pois suave é o Senhor”.
“Se os anjos pudessem sentir inveja, nos invejariam porque podemos comungar”

Santo Agostinho
“Não somos nós que transformamos Jesus Cristo em nós, como fazemos com os outros alimentos que tomamos,
mas é Jesus Cristo que nos transforma nele.”

“Sendo Deus onipotente, não pôde dar mais; sendo sapientíssimo, não soube dar mais;
e sendo riquíssimo, não teve mais o que dar.”

“ A Eucaristia é o pão de cada dia que se toma como remédio para a nossa fraqueza de cada dia.”
“Na Eucaristia Maria perpetua e estende a sua maternidade”

Papa Pio XII
“A fé da Igreja é esta: que um só e o mesmo é o Verbo de Deus e o Filho de Maria,
que sofreu na cruz, que está presente na Eucaristia, e que reina no céu”

São Gregório de Nissa
“Nosso corpo unido ao corpo de Cristo, adquire um princípio de imortalidade, porque se une ao Imortal”

São João Maria Vianney
“Cada hóstia consagrada é feita para se consumir de amor em um coração humano”

Santa Teresinha
“Não é para ficar numa âmbula de ouro, que Jesus desce cada dia do céu, mas para encontrar um outro céu, o da nossa alma, onde ele encontra as sua delícias”. “Quando o demônio não pode entrar com o pecado no santuário de uma alma, quer pelo menos que ela fique vazia, sem dono e afastada da comunhão”

Santa Margarida Maria Alacoque
“Nós não saberíamos dar maior alegria ao nosso inimigo, o demônio, do que afastando-nos de Jesus,
o qual lhe tira o poder que ele tem sobre nós”

São Filipe Neri
“A devoção ao Santíssimo Sacramento e a devoção à Santíssima Virgem são, não o melhor,
mas o único meio para se conservar a pureza. Somente a comunhão é capaz de conservar um coração puro aos 20 anos. Não pode haver castidade sem a Eucaristia”

Santa Catarina de Gênova
“O tempo passado diante do Sacrário é o tempo mais bem empregado da minha vida”

São João Bosco
“Não omitais nunca a visita a cada dia ao Santíssimo Sacramento,
ainda que seja muito breve, mas contanto que seja constante”

Quereis que o Senhor vos dê muitas graças? Visitai-o muitas vezes. Quereis que Ele vos dê poucas graças?
Visitai-o poucas vezes. Quereis que o demônio vos assalte? Visitai raramente a Jesus Sacramentado.
Quereis que o demônio fuja de vós? Visitai a Jesus muitas vezes. Quereis vencer ao demônio?
Refugiai-vos sempre aos pés de Jesus. Quereis ser vencidos? Deixai de visitar Jesus…”

Imitação de Cristo (Tomás de Kempis)
“Ao sacerdote na consagração é dado ao que aos anjos não foi concedido”.
“Não há oblação mais digna, nem maior satisfação para expiar os pecados, que oferecer-se a si mesmo a Deus, pura e inteiramente, unido à oblação do Corpo de Cristo, na missa e na comunhão”.

“A Eucaristia é a saúde da alma e do corpo, remédio de toda enfermidade espiritual,
cura os vícios, reprime as paixões, vence ou enfraquece as tentações, comunica maior graça,
confirma a virtude nascente, confirma a fé, fortalece a esperança, inflama e dilata a caridade.

 

Paróquia Sant'Ana

Pastoral da Comunicação da igreja de Sant'Ana, da Diocese de São Carlos. Acreditamos que as novas tecnologias e meios de comunicação são ótimas ferramentas para evangelizar e propagar a da palavra de Deus.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *