Setores

Setores

Tudo começa a partir do momento em que um determinado pároco ou grupo de párocos solicita as Santas Missões para a sua paróquia. Como as solicitações são muitas, em geral será necessário aguardar certo tempo para que o seu pedido possa ser atendido. Mas a partir do momento em que a paróquia é incluída no Calendário Missionário o pároco já é solicitado a começar uma Campanha de Orações para motivar e envolver as comunidades da paróquia. Ele também é solicitado a convocar pessoas que possam ir assumindo os diversos serviços da missão, integrando diversas equipes que serão formadas.

“Entre todos os serviços missionários destaca-se a missão de ser Coordenador/Auxiliar Missionário num setor que funcionará como um grupo na base da comunidade”.

Entre todos os serviços missionários destaca-se a missão de ser Coordenador/Auxiliar Missionário num setor que funcionará como um grupo na base da comunidade, envolvendo as famílias de uma mesma rua ou quadra pela Palavra rezada e refletida, pela comunhão de vida e fraternidade. O critério que norteia a formação dos setores é a vizinhança, a amizade e a proximidade.
Desde o momento em que o missionário que coordena a missão na comunidade paroquial, junto com uma irmã missionária, inicia a primeira fase das missões chamada de Missão da Visitação, já começa também a convocação, a capacitação e a preparação prática das lideranças leigas da paróquia que nós chamamos de “Forças Vivas da Comunidade”.
A primeira fase das missões é, portanto, de convocação, agregando pessoas ao serviço missionário. Por isso ela se chama Missão da Visitação ou da convocação. A segunda fase chamada de Missão nas Famílias é o tempo especial em que os leigos das comunidades exercem a sua missionariedade recebida de Deus pelo batismo, visitando as famílias, refletindo com elas a Palavra de Deus, conversando sobre sua própria vida e buscando pistas de ação a partir da fé.
Desta forma, aos poucos, os próprios missionários leigos da comunidade local vão se redescobrindo e tomando consciência de que a vida é dom concedido por Deus a todos e, portanto, um presente que precisa ser amado, respeitado e dividido. Não se trata de viver a vida de qualquer jeito ou de qualquer modo, mas do jeito cristão, pois esse é o jeito de Jesus.

Setores na paróquia

Em 1993 aconteceram na cidade de Araraquara as Missões Redentoristas, que deram um grande impulso no crescimento e desenvolvimento espirituais das comunidades promovidos pelos Padres Redentoristas e algumas religiosas. Daquela ocasião é que vêm os setores (popularmente conhecidos como grupos de quarteirões), chegando a paróquia a contar com 28 grupos naquele ano.
Maria Chile, coordenadora geral dos Setores, contabiliza 6 setores, atualmente na paróquia de Sant’Ana. Toda 2ª. Feira ou 3ª. Feira, os setores reúnem-se para a reza do terço e a escuta da palavra de Deus.
Participam da Campanha da Fraternidade e da Novena de Natal. Arrecadam mantimentos para a Cesta de Natal.
Aconteceram 3 missas nos setores no ano de 2015. A coordenadora do grupo, Maria Chile diz que os integrantes dos setores ajudam na venda de Promoções da paróquia, além de arrecadar prendas para ajudar nos bazares da paróquia.